Aliança Renault-Nissan Participa Do 9º Salão Latino-Americano De Veículos Elétricos

  • Print
  • Download
  • Marcas parceiras vão expor seus modelos com emissão zero no único evento especializado da América Latina
  • Objetivo da mostra, que ocorre no Expo Center Norte, em São Paulo, é disseminar conhecimentos sobre segmento de carros elétricos

Rio de Janeiro – Pioneira e líder mundial em veículos de zero emissão, a Aliança Renault-Nissan marca presença na 9ª edição do Salão Latino Americano de Veículos Elétricos, que ocorre entre hoje e quinta (12), no Expo Center Norte, em São Paulo. Além da exposição de unidades de modelos 100% elétricos das duas marcas, executivos das empresas participam do congresso, que discutirá o cenário atual para o desenvolvimento e uso de carros elétricos no Brasil e no mundo.

O estande de 176 m² da Aliança terá duas unidades do Renault Twizy -veículo urbano de dois lugares-, uma do subcompacto Renault ZOE -, líder em veículos elétricos na Europa, com um total de 6.000 unidades comercializadas em 11 países europeus -, uma do sedã Renault Fluence Z.E. e uma do hatch Nissan LEAF, caracterizado como táxi e participante do programa piloto, que estuda infraestrutura necessária para se ter veículos elétricos rodando no Brasil.

Uma das características dos modelos Renault apresentados é que eles se comunicam e também são carregados em eletropostos conetados com o MOBI.ME, novo sistema de gestão inteligente de mobilidade que, além de receber informações sobre o nível de carregamento, localização, disponibilidade e até mesmo possibilidade de reserva dos postos de recarga, permite que os usuários façam carregamentos inteligentes (através da integração com a smart grid), tendo também acesso a uma rede ampla de serviços como estacionamentos, e a possibilidade de gestão cruzada com transportes públicos.

Vale destacar que durante o salão dois veículos Twizy estarão disponíveis para test-drive, entre as 12horas e às 20 horas.

No âmbito das apresentações, Antonio Calcagnotto, diretor de Relações Institucionais e Governamentais da Renault-Nissan, participa do painel "Veículos Elétricos: mito ou realidade", no dia 11. Na mesma data, Anderson Suzuki, gerente de novos negócios da Nissan, integra o painel "Veículo Elétrico e as Redes Elétricas".

A organização estima a presença de 5 mil pessoas nos dois dias do evento entre estudantes, empresários, investidores, engenheiros, representantes da municipalidade e de governos estaduais e federais, de centros de pesquisa e desenvolvimento tecnológicos, industriais, entre outros. No ano passado 3.500 pessoas, muitas delas vindas de países como Colômbia, Uruguai, Argentina, México, Panamá, Alemanha, Portugal, Espanha, Itália e China, visitaram o salão.

PIONEIRISMO NA MOBILIDADE COM EMISSÃO ZERO

A Renault e a Nissan estão na vanguarda dos veículos movidos à eletricidade e fortemente comprometidas com a tecnologia de emissão zero. As empresas estão investindo 4 bilhões de euros para desenvolver carros que não utilizam petróleo como combustível e podem ser recarregados com energia pura e renovável.

A Aliança já vendeu mais de 100.000 carros com emissão zero em pouco menos de três anos de mercado, o que é mais do que foi comercializado por todas as montadoras juntas. A meta é vender 1,5 milhão de carros zero emissão em todo o mundo até 2016.

No primeiro semestre deste ano, o Grupo Renault assumiu a liderança europeia na redução do volume de emissões de CO2, graças, principalmente, ao crescimento de suas vendas de veículos elétricos.

Para desenvolver o segmento, a Aliança Renault-Nissan assinou mais de 120 Memorandos de Entendimento (MoU) com governos de todo o mundo, incluindo Argentina, Chile, Colômbia, Costa Rica, México e Porto Rico, para estudar como os veículos elétricos podem preservar o meio ambiente e melhorar a qualidade de vida nas cidades.

NO BRASIL

Dentro desse conceito, a Aliança tem incentivado a discussão dos carros elétricos no Brasil com diversas ações. O primeiro movimento nesse sentido foi a implantação do programa piloto em parceria com a Prefeitura de São Paulo, AES Eletropaulo e Adetáxi, em vigor desde junho do ano passado, resultado direto do acordo de intenções (MoU) firmado em 2010.

Nele, dez Nissan LEAF são conduzidos por motoristas de táxi profissionais, que poderão recarregar as baterias de íon-lítio dos veículos em cinco pontos de recarga instalados em revendas Nissan distribuídas estrategicamente pela capital paulista. Os carregadores rápidos permitem que as baterias sejam recompostas de zero a até 80% da capacidade em aproximadamente 30 minutos. O modelo do projeto paulistano foi levado ao Rio de Janeiro este ano, com duas unidades do LEAF rodando desde março, também como táxi. Outras 13 unidades serão incorporadas ao projeto esta semana.

Ainda na capital fluminense, a Nissan entregou, em agosto, duas unidades de LEAF à Polícia Militar, que os usará no patrulhamento de pontos turísticos e da orla da cidade.

A Renault entregou recentemente seus primeiros veículos 100% elétricos no país. Os modelos Zoe, Fluence Z.E. e Kangoo Z.E. irão compor a frota de automóveis do Programa de Mobilidade Elétrica promovido pela CPFL Energia, em estreita colaboração com a fabricante. O objetivo do projeto é abordar soluções de mobilidade no futuro das cidades, através da criação de um laboratório real. O programa prevê a compra de mais veículos elétricos e a construção de cem pontos de carregamento em Campinas, São Paulo.

A CPFL Energia também participa do Salão e expõe, em seu estande, os modelos elétricos Zoe e Kangoo adquiridos da Renault.

SERVIÇO

9º SALÃO LATINO AMERICANO DE VEÍCULOS ELÉTRICOS

Local:Expor Center Norte, Rua José Bernardo Pinto, 333, Vl Guilherme, São Paulo

Dias: 10 a 12 de setembro

Horário: das 9h às 20h

 

# # #

Back to Top

Issued by Nissan