Nissan X-Trail 2009: Um Veículo Versátil E Moderno Para Todos Os Tipos De Terreno

  • Print
  • Download
O utilitário esportivo equipado com câmbio automático XTRONIC® CVT e tração 4×4 ALL-MODE se destaca pela tecnologia, versatilidade, espaço e conforto em níveis exclusivos para o segmento

Combinando linhas mais modernas com o mesmo estilo robusto que o tornou conhecido mundialmente, o novo Nissan X-TRAIL chega ainda mais competitivo ao mercado nacional. Importado do Japão, onde é líder em seu segmento, o utilitário esportivo será oferecido em duas versões de acabamento: SE e a topo de linha LE.

Sucesso de vendas no mundo, o novo Nissan X-TRAIL, que estará disponível na rede de concessionárias da marca a partir do dia cinco de setembro, oferece novidades como a segunda geração da transmissão XTRONIC® CVT, que extrai o melhor do motor 2.0 16V (de 138 cavalos de potência), direção elétrica com assistência variável, rack de teto com faróis integrados, porta-malas com partes laváveis que possibilita diversas configurações de uso e o maior teto solar da categoria, somadas à consagrada tração 4x4 ALL-MODE.

Baseado no conceito "all roads", o novo X-TRAIL apresenta mudanças significativas em relação ao modelo anterior. Utilizando nova plataforma ("C" da Aliança Renault-Nissan), novo chassis, novas suspensões e carroceria, o modelo foi construído para uma excelente performance e dirigibilidade em todos os tipos de terreno. Outro ponto aprimorado pela Nissan é a garantia de fábrica para o novo modelo, agora de 3 anos. De início, a Nissan projeta a venda de aproximadamente 100 unidades/mês do modelo ao longo de seu primeiro ano no mercado nacional. Este volume corresponderá a aproximadamente 17% do mercado de SUV médios com tração 4x4 a gasolina, que vende cerca de 585 carros mensais. "Com o lançamento do Novo X-TRAIL encerramos a primeira fase do plano SHIFT_mercosul e, ao mesmo tempo, reforçamos a tradição da marca para a gama 4x4, que no Brasil já oferece o utilitário esportivo Pathfinder, o crossover Murano, a picape Frontier importada e em breve a Nova Nissan Frontier, com fabricação nacional", explica Thomas Besson, presidente da montadora.

Para quem aprecia personalização, a Nissan preparou uma linha de acessórios que inclui engate removível para reboque, rodas de liga leve de aro 17", capa dos retrovisores com repetidores das luzes de direção, barras de teto, aerofólio de teto, entre outros itens. Maior que seu antecessor em todas as dimensões, o novo X-TRAIL estará disponível em três cores: Preto Prestige, Prata Platinum e Cinza Precision. A princípio, serão oferecidas unicamente versões a gasolina.

Crescimento acelerado

Além da chegada do novo X-TRAIL, a Nissan continua preparando mais novidades para os próximos meses. A estratégia segue os objetivos previstos pelo plano SHIFT_mercosul, que totaliza o lançamento de seis modelos na região até o final de 2009. Quatro deles já chegaram ao mercado brasileiro: o crossover Murano, o sedã Sentra, o hatchback Tiida e a picape Frontier SEL. O plano engloba um investimento de US$ 150 milhões, maior soma destinada à operação local até hoje. Outros pontos previstos pelo SHIFT_mercosul dizem respeito à ampliação da rede de concessionários e ao incremento nas vendas. O objetivo é saltar dos 66 revendedores atuais para 120 até o final de 2009 e atingir um volume de vendas de 40 mil veículos no mesmo ano.

Em 2007 a montadora fechou o ano com 11.883 unidades comercializadas, o dobro em relação ao ano anterior. Este foi o melhor resultado da história da empresa no Brasil, desde o início de suas operações em 2001. Segundo a Anfavea, a indústria automobilística brasileira encerrou 2007 com 2,46 milhões de unidades vendidas, crescimento de 27,8% em relação a 2006.

Seguindo esse forte crescimento, só no 1º semestre de 2008 a Nissan já cresceu 130% em relação ao mesmo período do ano passado, somando 9.770 carros vendidos até junho de 2008.

Sucesso em vários mercados

Com a mesma marcante identidade e design que manteve o estilo de linhas acentuadas no desenho da carroceria, o novo X-TRAIL continua sendo um sucesso de vendas nos mercados onde é produzido ou comercializado. "Na maior parte dos países onde é vendido o utilitário esportivo da Nissan é líder de sua categoria. No Japão são mais de 3.900 unidades vendidas ao mês em média. O modelo encabeça a lista dos mais vendidos em seu segmento em países como Austrália, Taiwan, México e Japão", diz Anderson Suzuki, gerente de Planejamento de Produto da Nissan do Brasil.

"Um ano particularmente especial no histórico do utilitário esportivo foi o de 2004, quando as vendas ficaram acima de 18 mil unidades no México, de 21 mil em Taiwan e de expressivas 30 mil unidades no Japão. No mundo, as vendas totalizaram cerca de 178 mil unidades somente naquele ano", afirma Suzuki.

O histórico de vendas no Brasil é considerável, tendo em vista o reduzido volume de unidades que a Nissan tinha permissão para importar anteriormente. A versão anterior do modelo, lançada no País no final de 2004, alcançou o total de 660 unidades comercializadas até junho de 2008.

Os lotes de X-TRAIL que chegam ao País saem da planta de Kyushu, no Japão. Aliás, a combinação do motor 2.0 16V (o mesmo que equipa o sedã Sentra) aliada à tecnologia da transmissão XTRONIC® CVT está disponível apenas para o mercado asiático e brasileiro. Além do novo propulsor, o X-TRAIL também utiliza a mesma plataforma "C" do Sentra, produzido no México.

O novo utilitário esportivo da Nissan conta com outras linhas de montagem, em regime de CKD, localizadas na Indonésia e a partir de setembro deste ano também na China.

Sua qualidade lhe rendeu uma série de prêmios nos últimos anos, como o "Best 4WD Under $40,000 2007", da revista Drive Magazine, e o "Best Recreational 4WD 2007", da Australia's Best Cars Magazine, publicações editadas no mercado australiano. Em 2006, o modelo da Nissan recebeu os títulos "Car of the Year – Best SUV (Petrol)", do Grand Prix Group da Tailândia, e "The Ideal Domestic Made SUV Brand of 2006", da Management Magazine, de Taiwan, além de outros quatro prêmios obtidos em 2005 nas Filipinas.

Novo X-TRAIL e o mercado brasileiro

A Nissan acredita no bom desempenho de vendas da nova versão de seu utilitário esportivo no mercado brasileiro. E há motivos de sobra para isso. O primeiro é o impacto positivo que um novo veículo habitualmente causa nos consumidores. "O modelo continua com o mesmo nome mas na verdade, trata-se de um utilitário esportivo completamente novo, sobre uma nova plataforma e com novas peças. Foram pouquíssimas peças reaproveitadas nesse novo modelo" explica o diretor de Marketing, Arison Souza.

Outro fator importante é que o modelo chega em um momento favorável para o segmento. Apenas no primeiro quadrimestre do ano, as vendas desse tipo de modelo praticamente dobraram em comparação ao mesmo período do ano passado. De janeiro a abril de 2008 foram comercializadas 28.718 unidades de SUVs no País, contra 14.425 unidades vendidas em 2007.

"Esse ritmo forte vem se mantendo no Brasil. Basta verificarmos o crescimento de 89% de 2006 para 2007, quando foram comercializadas 63.696 unidades. Desse total, 53% (exatamente 33.671 unidades) representam os SUVs médios, nicho no qual se encontram o novo X-TRAIL e seus concorrentes", explica Souza. O utilitário esportivo novo Nissan X-TRAIL disputará mercado com Honda CR-V, Toyota RAV4, Kia Sportage e Hyundai Tucson nas suas versões 4x4.

"All-Roads", um conceito moderno

A Nissan classifica o novo X-TRAIL como um veículo "all-roads", ou seja, um modelo preparado para oferecer segurança e desempenho no asfalto, no campo ou caminhos acidentados. "O X-TRAIL é um utilitário esportivo feito para todos os tipos de terrenos. É robusto e, ao mesmo tempo, é o modelo que oferece os maiores níveis de conforto e sofisticação de seu segmento", diz Arison de Souza, diretor de Marketing da Nissan do Brasil.

Tanto a versão SE quanto a topo de linha LE oferecem a tração 4x4 ALL-MODE com acionamento eletrônico, comandado pelo condutor por meio de um seletor giratório no console central. Para superar trechos acidentados, os ocupantes do veículo contam com o sistema de bloqueio do diferencial central, recurso que distribui a tração na mesma proporção para os eixos dianteiro e traseiro.

O modelo também mostra eficiência quando é preciso transpor trechos inclinados: o ângulo de ataque do novo X-TRAIL é de 28,7º e o de saída, de 23,6º, enquanto a altura livre do solo é de 196 milímetros, valores que mantêm pára-choques e assoalho a uma distância segura do piso, evitando raspões acidentais.

O torque elevado de 20,2 kgfm, o maior entre os concorrentes com motor até 2 litros, é outro ponto favorável nessas situações. O espírito aventureiro do X-TRAIL também oferece vantagens para os condutores que preferem as ruas e avenidas de centros urbanos. A posição alta de dirigir proporciona ampla visão do trânsito, enquanto a suspensão, preparada para suportar solavancos comuns das estradas de terra, absorve com eficiência o impacto causado pelas irregularidades do asfalto, além de manter a carroceria estável em traçados sinuosos. Na prática, quem dirige o modelo chega a ter a impressão de estar rodando em um sedã luxuoso, onde espaço interno aliado ao conforto é o item adicional oferecido pelo novo Nissan.

O X-TRAIL supera todos os rivais equipados com motor similar na aceleração de 0 a 100 km/h, velocidade que o utilitário esportivo da Nissan leva apenas 11,9 segundos para atingir. "É justamente essa versatilidade do X-TRAIL que iremos explorar nas campanhas publicitárias. O fato de ser um veículo apto a enfrentar diversas condições de rodagem com conforto, segurança e robustez", explica Arison Souza.

Desenho e dimensões

O novo Nissan X-TRAIL mantém o espírito robusto de seu antecessor, mas basta olhar com atenção para perceber que a nova versão ganhou linhas mais modernas. O conjunto ótico cresceu, bem como os pára-choques e as colunas traseiras, mais largas e com recorte anguloso. Os contornos das portas também foram redesenhados, assim como o capô do motor e a tampa do porta-malas, de silhueta sinuosa.

O desenho frontal segue o estilo da linha de veículos off-road Nissan, como a Nissan Frontier e a Nissan Pathfinder, reforçando a idéia de robustez e imponência e a identidade entre esses modelos. "Os principais destaques externos em relação ao antecessor, além da ampla reformulação do estilo, são o teto solar, o mais amplo de seu segmento, e o rack de teto com faróis integrados, que fez tanto sucesso durante as clínicas com clientes e concessionários que decidimos disponibilizá-lo para as duas versões do X-TRAIL como item de série", afirma o gerente de Marketing Produto, Mário Furtado. Em tempo: o novo teto solar mede 77,1 centímetros de comprimento por 74,3 cm de largura e os faróis auxiliares integrados ao rack só podem ser acesos quando o motorista seleciona o farol alto, solução que sugere seu uso a locais onde há pouca ou nenhuma iluminação (como parte de um caminho até um sítio ou em uma estrada sem carros no sentido contrário) e evita o ofuscamento da visão de outros motoristas no trânsito do dia-a-dia.

Além disso, quando comparado à antiga versão, o novo X-TRAIL se mostra maior em todas as dimensões. A nova carroceria mede 4.630 mm de comprimento (175 mm a mais), 2.630 mm de distância entre-eixos (5 mm a mais), 1.770 mm de altura (95 mm) e 1.785 mm de largura (20 mm). Essas modificações não apenas deixam o modelo mais imponente, mas contribuem para ampliar o espaço para a bagagem e o conforto dos ocupantes.

Exclusivo porta-malas configurável e lavável

Um dos maiores do segmento, o porta-malas tem capacidade de 603 litros (VDA) até a cobertura que oculta a carga. É possível ampliar ainda mais esse espaço na hora de transportar objetos de grandes proporções removendo-se essa cobertura. Dessa forma, o volume até o teto passa a 885 litros (VDA) e, com os bancos rebatidos, a capacidade do compartimento de carga atinge 1.773 litros de área total. Em outras palavras, há espaço suficiente para levar até cinco malas grandes. Com o rebatimento do descansa-braços central traseiro é possível colocar objetos como pranchas de surf, tacos de golfe ou varas de pescar.

Outra vantagem que o modelo oferece é a diversidade de formas de se organizar o espaço. Configurado em dois níveis, o porta-malas tem em sua parte inferior uma gaveta e um amplo espaço para acomodar e proteger objetos sensíveis, ou para dar lugar a uma caixa de ferramentas, por exemplo. Há ainda dois espaçosos porta-objetos com tampa nas laterais do porta-malas.

A gaveta e a cobertura que fica sobre ela podem ser retiradas facilmente quando a carga exigir mais espaço, elevando a altura total do compartimento a 1.012 milímetros. Outra inovação do novo X-TRAIL é que, ao contrário de outros modelos, seu compartimento de carga pode ser lavado. Dessa forma, é possível remover, depois de um dia de lazer com a família, restos de alimentos ou de bebidas derramadas acidentalmente, bem como a terra ou areia que se acumularam no assoalho depois de um passeio pelo campo ou pela praia.

 

Conforto, funcionalidade e acabamento marcantes no habitáculo

Espaço, conforto e conveniência são as qualidades que predominam no interior do novo Nissan X-TRAIL. Assim como o desenho da carroceria, toda a área dos ocupantes passou por uma reformulação geral, a começar pelos bancos. Os bancos são forrados por tecido especial na versão SE e por couro na LE. "Nosso utilitário esportivo oferece também o banco traseiro tripartido, na proporção 40/20/40. Cada encosto pode ser reclinado para aumentar o conforto dos ocupantes. São exclusividades no segmento", explica Mário Furtado.

Ainda mais perceptíveis são as mudanças aplicadas no painel. "No modelo anterior, os instrumentos estavam posicionados no centro do painel, seguindo uma tendência da época. Esse conceito foi repensado e agora, com o novo X-TRAIL, os instrumentos ficam à frente do condutor, que tem mais facilidade para visualizá-los", explica Anderson Suzuki.

O gerente de Planejamento de Produto da Nissan do Brasil lembra ainda de outra evolução importante: "A nova versão do utilitário esportivo ganhou muito na qualidade do acabamento, que passou a contar com materiais de consistência macia, agradável ao toque." Além disso, predominam os detalhes pintados de cinza alumínio no interior do modelo, presentes no painel, no volante e na alavanca de mudanças de marcha.

Outros destaques são os seletores do sistema de ventilação em formato circular, que fazem conjunto com o seletor da tração 4x4 e com o botão de acionamento e de controle de volume do rádio, desenhados no mesmo formato.

Espaço é o que não falta também para a acomodação de chaves, CDs e outros tipos de pequenos volumes. Há uma série de porta-objetos no X-TRAIL 2009: o console central e o centro do painel contam com espaços protegidos por tampas, enquanto as laterais das portas também oferecem espaços para objetos. Para completar, o porta-luvas é amplo (capacidade de 15,7 litros), capaz de armazenar volumes como livros e revistas.

Os porta-copos ganharam atenção especial no desenvolvimento do novo interior. Agora eles contam com entradas de ar para manter a bebida na temperatura desejada pelos ocupantes do utilitário esportivo, bastando acionar o ar condicionado ou o ar quente para isso. A parte traseira do console central, onde há dois porta-copos retráteis e saídas de ventilação, também proporciona esse conforto aos passageiros que se acomodam no banco de trás. Há ainda outros dois espaços para a colocação de copos ou garrafas no console central.

 

Motor e transmissão

Um dos conjuntos mais confiáveis e eficientes da atualidade. Assim pode ser definido o novo powertrain que equipa o Nissan X-TRAIL 2009. De concepção moderna, tanto o motor quanto o câmbio XTRONIC® CVT são os mesmos utilizados no sedã Sentra.

Com bloco e cabeçote de alumínio e dotado de comando de válvulas variável CVVTCS (Continuously Variable Valve Timing Control System), sigla para controle de abertura e fechamento de válvulas continuamente variável, o propulsor 2.0 16V oferece funcionamento suave e eficiente. Com 138 cavalos de potência (a 5.200 rpm) e 20,2 kgfm de torque, o mais elevado entre os concorrentes com motor até 2 litros, o motor garante agilidade suficiente para fazer o utilitário esportivo ganhar e retomar velocidade com rapidez.

Tanto é verdade que o novo X-TRAIL é o SUV mais rápido do segmento médio, levando apenas 11,9 segundos para acelerar de 0 a 100 km/h. A eficiência do modelo se deve não apenas ao moderno motor, mas também à transmissão XTRONIC® CVT de segunda geração.

"A inclusão da mais nova geração da transmissão CVT é, sem a menor dúvida, um dos pontos mais fortes deste novo Nissan. No segmento, somente o nosso veículo possui essa tecnologia. É um diferencial muito importante, não há dúvidas, e o consumidor perceberá isso", comenta Anderson Suzuki, gerente de Planejamento de Produto.

O câmbio CVT (do inglês, "transmissão continuamente variável"), possibilita o aumento da velocidade no regime de torque máximo do motor, ou seja, a todo momento a relação velocidade x torque é alterada para que o motor alcance sua máxima eficiência.

Em outras palavras, o conjunto faz o X-TRAIL ir mais longe e mais rápido com menos combustível e menor nível de ruídos, já que a rotação do motor é continuamente adequada à velocidade. Entretanto, o efeito mais perceptível para quem está ao volante é acelerar sem sentir solavancos durante as trocas de marchas, como é comum em transmissões automáticas convencionais.

Esse conforto é perceptível tanto em trechos urbanos de menor velocidade ou em estradas, que requerem forte aceleração. O que se nota é um conjunto "elástico", que responde prontamente às acelerações.

Desde 1992 a Nissan investe no CVT, usado inicialmente em veículos com motor de baixa capacidade cúbica. Medições feitas pela empresa demonstraram que a transmissão automática convencional pode elevar o consumo em até 10% quando comparada com a caixa manual. Com o XTRONIC® CVT, a melhora é de até 5,5%, em comparação a uma versão do mesmo veículo equipada com câmbio manual. A diferença está no fato de a transmissão CVT, com suas relações de marcha praticamente infinitas, trabalhar sempre dentro da faixa ideal de rotação do motor. O resultado é a queima de combustível mais eficiente e o funcionamento mais suave do conjunto, condições que favorecem a economia de combustível. São essas características que também passam ao motorista a sensação de condução mais direta, sem interferências mecânicas. As mudanças de redução na transmissão XTRONIC® CVT são feitas através de engrenagem cônica. Para as retomadas de velocidade, basta aliviar a pressão sobre o acelerador por instantes e voltar a acelerar – a resposta é imediata.

Outra vantagem é que com menos componentes móveis dentro da caixa de transmissão, já que o XTRONIC® CVT opera basicamente com duas polias e uma correia, a durabilidade do sistema é maior que a das transmissões convencionais que trabalham com múltiplas engrenagens.

Quem é o cliente do novo X-TRAIL

Atenta à dinâmica do mercado, a Nissan identifica dois tipos de consumidores como os principais clientes do novo X-TRAIL. "Em nossa avaliação, de acordo com os resultados de pesquisas de mercado, a maior parte dos compradores, ou seja, 60%, será constituída por proprietários de outros SUVs. Os 40% restantes devem migrar de segmentos que se encontram na mesma faixa de preço. Nesse caso, acreditamos que a maior parcela de novos clientes será formada por donos de sedãs", explica Mário Furtado.

O gerente de Marketing Produto da Nissan do Brasil, Mário Furtado define o perfil do cliente do novo X-TRAIL: são pessoas que gostam de viajar, de aventura, apreciam o uso de marcas de prestígio, prezam a casa ou o sítio e são ligadas em tecnologia. O marketing da montadora projeta como maior consumidor o público masculino. "São homens com idade entre 30 e 49 anos, empresários ou executivos de estilo casual e autêntico, casados e com filhos, que passam a maior parte do tempo nas grandes cidades", explica Furtado. Mulheres na mesma faixa etária, casadas e com filhos, também fazem parte do target de vendas do novo Nissan X-TRAIL.

Pós-venda: aproximando cada vez mais a Nissan do cliente

A chegada de um novo veículo sempre movimenta muito a rede de concessionárias, que passa por treinamento não apenas para ficar por dentro de todas as novidades do produto que está estreando, mas para oferecer o melhor apoio e atendimento pós-venda, um fator fundamental para manter o cliente próximo à marca. É quase uma revolução, que engloba a produção de novos manuais de serviço e do proprietário, atualização do catálogo de peças, formação de estoque de peças de giro rápido e até o planejamento de um pacote de peças e de manutenção a cada 80 mil quilômetros com preços previamente sugeridos para os componentes e o tempo de serviço (mão-de-obra).

"Esse pacote é importante porque o cliente já sabe o quanto desembolsará com cada uma das revisões previstas pelo plano de manutenção", explica Tai Kawasaki, diretor de Pós-Venda da Nissan do Brasil.

Assim como em lançamentos anteriores, a montadora oferecerá valores especiais de seguro para o lançamento do X-TRAIL. Essa condição especial, oferecida durante os três primeiros meses de vendas do modelo, contribuiu sensivelmente para o aumento da procura pelo sedã Sentra e pelo hatchback Tiida.

Além disso, a Nissan passa a conceder 3 anos de garantia para o novo X-Trail (a versão anterior oferecia um ano a menos), alinhando o veículo aos principais concorrentes.

Para quem aprecia personalização, a Nissan preparou uma linha de acessórios que inclui engate removível para reboque, rodas de liga leve de aro 17", capa dos retrovisores com repetidores das luzes de direção, barras de teto, aerofólio de teto, entre outros itens.

Treinamento técnico da rede: Brasil no mesmo nível de excelência mundial

A rede nacional de revendedores Nissan está em sintonia com o padrão de qualidade de concessionárias de todo o mundo. "Continuamos implantando o sistema N-Step de treinamento para técnicos. Grande parte da rede está treinada no programa", explica Kawasaki. O treinamento ensina manutenção e conhecimentos gerais sobre veículos, aprimoramento do conhecimento teórico sobre powertrain, chassi e parte elétrica, e, em fase de implantação, fontes de ruído e vibrações de difícil localização.

Amplo pacote de itens de série

Oferecido em duas versões de acabamento, o X-TRAIL 2009 oferece os seguintes equipamentos:

Versão SE

- direção elétrica com assistência variável

- ar condicionado automático

- airbags frontais

- alarme antifurto

- imobilizador eletrônico do motor

- rádio/CD player com quatro alto-falantes

- luzes de leitura dianteiras individuais

- freios ABS com EBD

- controle eletrônico de velocidade (piloto automático)

- acionamento elétrico de vidros, retrovisores e travas das portas

- rodas de liga leve de aro 16"

- barras longitudinais no teto com faróis integrados

- bancos traseiros reclináveis e rebatíveis 40/20/40

- revestimento dos bancos em tecido especial duplo-tom

Versão LE (todos os itens de série do X-TRAIL SE mais os itens abaixo)

- faróis de neblina

- teto solar elétrico panorâmico

- CD changer para 6 discos e MP3 Player, com seis alto-falantes

- airbags laterais e de cortina

- revestimento de couro para bancos, volante e alavancas do câmbio e do freio de estacionamento

- bancos dianteiros com ajustes elétricos e aquecimento

- maçanetas (internas e externas) e grade frontal cromadas

- Porta-óculos central no teto

O que só o novo Nissan X-TRAIL tem

A versão 2009 do utilitário esportivo inova em vários aspectos dentro de seu segmento. Veja quais são as exclusividades oferecidas pelo modelo:

- Único com transmissão continuamente variável XTRONIC® CVT no segmento (SUVs médios), o que proporciona desempenho e economia de combustível;

- Maior teto solar do segmento (SUVs médios). 77,1 cm de comprimento por 74,3 cm de largura;

- É o modelo de maior torque (20,2 kgfm) e o que acelera mais rápido (11,9 segundos de 0 a 100 Km) entre os concorrentes até 2.0 litros;

- Rack de teto com faróis integrados, que proporciona segurança em locais com pouca ou nenhuma iluminação e embelezam a estética do modelo;

- Banco traseiro rebatível 40/20/40 com encosto reclinável, recursos que colaboram para melhor acomodação de carga e maior conforto dos passageiros;

- Porta-copos climatizados dianteiros (2) e centrais traseiros (2);

- Porta-malas com partes laváveis, com gaveta, porta-objetos e assoalho removível.

 

Texto (.zip)

 

 

Interior

[nggallery id=133]

Back to Top

Issued by Nissan