Fábrica Da Nissan Em Resende (RJ) Começa A Receber Prensas Da Estamparia

  • Equipamentos moldarão chapas para carrocerias
  • Pesos podem atingir até 190 toneladas
  • Transporte das seis peças será concluído até o fim de outubro

Rio de Janeiro - As primeiras prensas do setor de estamparia da nova fábrica da Nissan já estão em Resende (RJ), importadas da China. No total serão seis, com pesos entre 100 e 190 toneladas, para moldar as chapas de carrocerias. A previsão é que o transporte de todas as partes do porto do Rio de Janeiro a Resende termine até o fim de outubro, quando começam a montagem e os primeiros testes. As máquinas são parte do investimento de R$ 2,6 bilhões para a construção da nova fábrica da Nissan no Brasil.

Essas prensas são chamadas de coroas (crown) e têm papel fundamental na produção de um automóvel. Com grande força, os equipamentos podem dobrar, prensar, furar, repuxar e cortar com precisão uniforme as chapas planas de aço que vão compor a estrutura do automóvel. Durante a operação de estampagem, a chapa de metal é colocada em um molde específico, sendo pressionada para moldagem sob condições de pressão intensa. Após a estampagem, a chapa é submetida a um ou mais processos secundários de galvanização para resistência à corrosão, soldas e desgaste extremo.

UMA DAS MAIS MODERNAS

A nova fábrica da Nissan, que será uma das mais modernas e sustentáveis do mundo, é um dos pilares do plano de crescimento da empresa no mercado brasileiro - o objetivo até 2016 é a conquista de 5% de participação de mercado e o lançamento de novos modelos.

A construção está sendo realizada pela WTorre Engenharia, que também está construindo as áreas de escritórios e dos refeitórios, além do setor administrativo. A entrega total das obras está prevista para acontecer ainda este ano, quando outras instalações, como os pátios de recepção de contêineres e de estocagem de veículos, as redes de energia elétrica, de água, de esgoto, de incêndio e de distribuição de gases deverão ser finalizadas. Com mais de 3 milhões de metros quadrados, o complexo da Nissan em Resende tem números de peso. A nova fábrica inaugura uma nova época da Nissan no mercado automotivo brasileiro. Veja os principais:

  • Área total do terreno - 3.050.000 m²
  • Área de construção: 220.000 m²
  • Total de pilares - 1.903 unidades
  • Volume de concreto - 32.522 m³
  • Estrutura metálica - 5.340 t
  • Pavimentação - 249.125 m²
  • Drenagem principal - 4.598 m²

Além da grandiosidade dos números, todo o projeto da nova fábrica de Resende foi concebido para ser um dos mais sustentáveis do grupo Nissan e do setor automotivo no mundo. Entre os vários recursos que serão utilizados para atingir esse objetivo estão métodos de produção integrados, utilização de equipamentos mais modernos, como robôs de última geração, gerenciamento de resíduos e dejetos e um "cinturão" verde que circunda toda a área do complexo, iniciativa para reduzir emissões e ruídos. 

 

# # #

Voltar ao Topo

Issued by Nissan