Ciclistas Brasileiros Completam Travessia Da América Do Sul

A bela vista do oceano Pacífico marcou a chegada dos “Predadores de Distância”, grupo de ciclistas brasileiros, em Antofagasta, oeste do Chile. Depois de 22 dias pedalando pelas incríveis paisagens do Brasil, Argentina e Chile, os atletas puderam comemorar o término do projeto semana passada com apenas uma baixa. O paulista Fabio Luiz Tavares da Silva, de 36 anos, foi obrigado deixar o grupo na reta final da viagem por motivos de saúde.

Durante todo o trajeto, os Predadores de Distância percorreram geografias e culturas distintas e curiosas. O grupo iniciou a travessia pelo extremo sul do Pantanal, passando pelo El Impenetrable (mata fechada que fora o antigo refúgio da tribo mais indômita da América do Sul), pela a Selva Saltenha (que guarda árvores tão altas quanto as do norte do Amazonas) e, por fim, pelo Deserto do Atacama.

Estradas de cascalho e asfalto foram percorridas, intercalando a bicicleta de competição (Speed) e a mountain bike. Durante o trajeto o grupo cumpriu a meta de 120 a 180 quilômetros no período de oito horas diárias acompanhado por uma equipe de apoio que participou em três veículos Nissan – uma Frontier SEL, uma Frontier Attack e um utilitário esportivo Xterra - todos 4X4. Até nos piores terrenos, quando as bicicletas tinham que ser carregadas pelos atletas, os carros acompanharam lado a lado.

Veja mais no blog: http://projetopred.multiply.com

Issued by Nissan